Blog

Flores e Plantas – ideias, dicas e significados

Abr 5, 2021 | Dicas

Como cuidar de orquídeas: dicas para tratar plantas perfeitas

As orquídeas são uma planta pertencente à extensa família Orchidaceae: existem mais de 35 mil espécies por todo o mundo. Assim, de todas as orquídeas existentes, é possível destacar as Phalaenopsis como uma das mais conhecidas e comuns para decoração de interiores. Mas como conseguir que estas plantas se mantenham perfeitas? Partilhamos dicas para cuidar […]

As orquídeas são uma planta pertencente à extensa família Orchidaceae: existem mais de 35 mil espécies por todo o mundo.

Assim, de todas as orquídeas existentes, é possível destacar as Phalaenopsis como uma das mais conhecidas e comuns para decoração de interiores.

Mas como conseguir que estas plantas se mantenham perfeitas? Partilhamos dicas para cuidar das suas orquídeas.

Orquídeas de interior: a Phalaenopsis

Abundantes em climas tropicais, estas orquídeas adaptam-se perfeitamente ao interior de uma casa, onde o clima é ameno e estável. Desta forma, é uma planta muito escolhida para decoração.

As principais características da Phalaenopsis são:

  • Planta epífita, ou seja, vive sobre outras (geralmente árvores) sem que ocorra parasitismo;
  • Caule praticamente nulo;
  • Folhas longas, largas e brilhantes;
  • Raízes longas, grossas e flexíveis;
  • Floração até 3 vezes por ano, em condições ideais;
Orquidea PHALAENOPSIS BRANCA

Orquídea Phalaenopsis branca

 

Dicas para saber como cuidar de orquídeas

Apesar desta planta ser bastante resistente e adaptável, existem cuidados básicos para garantir um bom crescimento e uma floração forte. Destacamos 5 cuidados imprescindíveis para ter plantas perfeitas:

  1. Ambiente: temperatura e humidade;
  2. Exposição à luz; 
  3. Rega periódica;
  4. Limpeza das folhas;
  5. Substrato e vaso utilizado.
Como cuidar de orquídeas

Quadrado de madeira com Orquídeas Cor-de-Rosa

1. Ambiente: temperatura e humidade

Originárias de florestas tropicais, as Phalaenopsis vão resistir a oscilações que não ultrapassem as temperaturas mínimas de 12º e máximas de 35º, desde que uma condição nunca seja descurada: a humidade do solo.

Desta forma, para que o habitat natural destas plantas seja replicado na sua habitação, bastará garantir que a temperatura diurna está na ordem dos 20° e 15° durante a noite. Preferencialmente, poderá utilizar um humidificador para garantir um ambiente ideal

Sugestão adicional: se a sua casa-de-banho tem luz natural, decore-a com uma orquídea! Vai adaptar-se na perfeição a essa divisão da casa.

2. Exposição à luz solar

Estas plantas preferem receber luz indireta: estão habituadas à densidade das florestas tropicais. Portanto, a posição ideal para as orquídeas será perto das janelas, particularmente se tiverem uma cortina para regular a luz. 

Dica: analise a cor das folhas da Phalaenopsis. Se a luminosidade for correta, terão uma cor verde intensa e uniforme. Se não receber a quantidade de luz indicada, a orquídea apresentará folhas amarelas. 

3. Rega periódica

A rega pode ser considerada o ponto mais sensível e importante para conseguir manter a sua orquídea nas melhores condições. 

Desde logo, é fundamental que adote um método completamente distinto da rega das restantes plantas de interior, já que um jato forte ou água em excesso podem causar danos irreparáveis.

Como tal, e apenas se tiver a certeza de que o substrato está seco – ou as raízes estiverem brancas (quando molhadas as raízes estão verdes) – deverá hidratar a planta com auxílio de um borrifador.

Alternativamente, se a dimensão da planta o permitir, pode imergi-la num recipiente com água à temperatura ambiente por um período de tempo que permita o solo ficar húmido. Nunca deixe água acumulada no fundo do vaso ou planta.

Finalmente, nos períodos indicados, poderá adicionar fertilizante/alimento para orquídeas à água da rega.

4. Limpeza das folhas

As folhas das plantas devem estar limpas para garantir uma fotossíntese ótima! Assim, como parte da sua rotina doméstica e de tratamento das plantas, utilize um pano húmido para retirar todo o pó que se vai acumulando na superfície e lado inferior das folhas. Esta é também uma boa forma de prevenir o aparecimento de parasitas na planta.

5. Substrato e vaso utilizado

Como já referido, as Phalaenopsis são plantas que crescem apoiadas em troncos de árvores. Não sendo parasitas, estas orquídeas nutrem-se da matéria em decomposição que cai das árvores e que se vai acumulando nas suas raízes.

Desta forma, o melhor substrato para ter estas plantas em casa é uma mistura de casca de árvores (idealmente pinheiro), fibra de coco, carvão e cortiça. A circulação de ar tem de estar garantida.

Por último, e mais uma vez para recriar ao máximo o seu estado em ambiente natural, o vaso deverá ser transparente (permitindo também que a retenção de humidade e fotossíntese sejam mais fáceis).

 

Com estas cinco dicas, cuidar e tratar das suas orquídeas não poderia ser mais fácil. Aventure-se a aumentar a sua coleção e a decorar diferentes espaços com estas belíssimas flores.

Encomende orquídeas online na Venda de Flores e receba ao domicílio em 24h, em todas as regiões de Portugal Continental.

Partilhar

Blog

Flores e Plantas

Também pode gostar

Frésias: descubra o significado das flores de aroma único

Frésias: descubra o significado das flores de aroma único

As frésias são flores encantadoras e perfumadas que possuem uma história rica e um significado especial. Originárias da África do Sul e descobertas no século XIX, as frésias têm sido cultivadas em todo o mundo. De aparência delicada, as frésias são muitas vezes usadas...

Flores Preservadas: o que são e onde comprar online?

Flores Preservadas: o que são e onde comprar online?

Se gosta de flores, uma das suas principais preocupações deve ser como fazê-las durar o máximo de tempo possível. Então…já conhece as flores preservadas? São bonitas, simples, naturais e podem durar anos… As flores preservadas são uma opção duradoura e elegante para...

O Que Nossos Clientes Dizem
127 avaliações